Quarta Rosa do Ijoma leva atendimento gratuito de prevenção ao câncer



Da Redação

 A Campanha Outubro Rosa está a todo vapor no estado do Amapá, buscando conscientizar pessoas sobre a prevenção e diagnóstico precoce do câncer de mama. Neste ano, uma vasta programação foi montada para atender a população.



Um dos eventos é a Quarta Rosa, realizada todas as quartas deste mês pelo Instituto do Câncer Joel Magalhães (Ijoma), com coletas de PCCU, rodas de conversa, oficinas, palestras e consultas.

Luta pessoal
A programação já era anunciada de forma visual por Euda de Carvalho, de 63 anos, vestida de rosa da cabeça aos pés, que esperava ansiosa pelo ônibus que a levaria a mais uma programação.




Euda é assídua na campanha e em todos os dias do mês de outubro, usa pelo menos uma peça de roupa da cor rosa, lembrando sempre da causa pela qual luta. A aposentada está se curando de um câncer de pele.

Assim como ela, dezenas de pessoas se deslocam ao prédio do Instituto para fazer os procedimentos de prevenção tanto do câncer de mama quanto de outros tumores.

Luta comum


Raimunda da Silva Aragão, de 62 anos, felizmente não teve nenhum tipo de câncer, mas sabe da importância da prevenção. “Eu repasso isso até no meu trabalho. É muito importante a gente se prevenir. É melhor do que esperar a doença vir nos atingir, como diz o ditado: ‘é melhor prevenir do que remediar’”, afirmou a agente comunitária de saúde, que fez seu exame preventivo anual pela segunda vez consecutiva no Ijoma, de forma gratuita. Antes, por falta de informação, Raimunda pagava seus exames em clínicas particulares.

Hora de se cuidar!

Davina Miranda Moraes, dona de casa e também com 62 anos, está voltando a cuidar da saúde agora, pois antes trabalhava fora de casa e não tinha tempo para esses procedimentos. “Eu fiz duas vezes o exame durante a minha vida toda e como começou essa campanha, eu vim aqui. Agora que está tendo de graça, eu aproveitei e vou continuar vindo sempre”, disse.

Até o final da campanha, no dia 11 de novembro, o Ijoma espera alcançar cerca de 30 mil pessoas, com atendimentos, divulgação de serviços e conscientização. “Aproveitamos o Outubro Rosa para “agarrar” as mulheres dentro do Instituto. Tudo começa a partir da informação. Quando você se informa, você tem um caminho a seguir. Infelizmente, o primeiro câncer do Amapá ainda é a falta de informação”, afirmou Lúcia Damasceno, assistente social do Instituto.

Apesar de ser uma campanha concentrada em um mês, os atendimentos de prevenção e busca pela cura ocorrem durante todo o ano. “A gente costuma dizer que a prevenção é para os 365 dias. Quando acaba o mês, acaba a campanha, mas a prevenção é para todos os dias do ano. Ou seja, todo dia é dia de se prevenir”, disse Lúcia.

Casos
Segundo o Instituto Nacional do Câncer (Inca), estima-se que sejam registrados 50 casos de câncer de mama no estado do Amapá até o fim deste ano. Considerando todos os tipos de neoplasias, o Inca estima que sejam registrados 830 casos durante o mesmo período.



Ijoma
O Ijoma atende pessoas de baixa renda, que tem mais dificuldade no acesso aos serviços de saúde. Para ser atendido pelo Instituto, é necessário se dirigir ao prédio da instituição, se cadastrar e seguir os procedimentos necessários.

Serviço
Instituto do Câncer Joel Magalhães
Endereço: Av. Dr. Silas Salgado, 3586 - Santa Rita, Macapá
Telefone: (96) 3222-5675/9191-6270



Tecnologia do Blogger.