Universitários criam espaço de lazer e horta para doar mudas aos macapaenses


Por: Joice Batista

A Horta Universitária Seu Domingos está começando a ganhar forma dentro dos muros da Universidade Estadual do Amapá (Ueap). Pensada inicialmente para ser um espaço de vivência e lazer entre os universitários, o local promete beneficiar também a comunidade externa, através do cuidado e da doação de plantas.

A ideia de construir esse espaço dentro da Ueap veio de Augusto Flexa, estudante de 22 anos do curso de Engenharia Florestal, e de Nicole Lacerda, aluna de Engenharia Ambiental. O objetivo é tentar aliviar a pressão da vida acadêmica e contribuir para elevação da consciência e da responsabilidade ambiental dos macapaenses.



“A universidade é um lugar muito tenso. Então, a gente quer um espaço em que se possa minimizar esse estresse do dia a dia. Para a comunidade, além de disponibilizar as mudas para os moradores, a horta oferece também uma responsabilidade ambiental. Além de ter um local para interagir, a gente vai ter uma resposta para a sociedade de dizer que a universidade também está cumprindo seu papel sustentável e cultural”, disse Augusto.

Mas não são somente os idealizadores e voluntários que estão engajados nessa ideia. O projeto que surgiu há cerca de um mês, conta também com a ajuda de professores e doadores como Domingos Gomes da Silva, horticultor que deu nome ao projeto. Ele é proprietário de uma horta orgânica bastante conhecida no Distrito de Fazendinha, a 13Km de Macapá. Além de inspirar os jovens estudantes, ele doou boa parte das plantas para que o projeto fosse iniciado.



Hoje, mudas de pimenta, hortelã, babosa, couve, manjericão, boldo, tomate, capim-marinho, bacabeira, comigo-ninguém-pode, além de outras hortaliças e plantas ornamentais, já podem ser encontradas na horta, que também pretende abrigar outros exemplares do reino vegetal.

Doação de plantas

Quem quiser levar as mudas para casa, precisa apenas comparecer no prédio da Ueap, localizado na Avenida Presidente Vargas, 650, no Centro de Macapá. O espaço estará aberto ao público para esse serviço a partir do próximo dia 16. Até lá, voluntários estão se reunindo aos sábados, a partir das 14h, para manutenção, organização e decoração do espaço.

As pessoas que desejam contribuir doando mudas à horta ou materiais que podem ser aproveitados para armazenar as plantas, também são bem vindas.



Muito ajuda quem não atrapalha

Apesar da horta ser um projeto que visa beneficiar a comunidade macapaense como um todo, algumas pessoas estão pulando o muro da Ueap e vandalizando o espaço aos fins de semana, quando a universidade está fechada. Por diversas vezes, os voluntários encontraram a horta suja e bagunçada, mas não fazem ideia do por quê estão fazendo isso.

“É bem dolorido porque a gente sabe o quanto foi difícil desentulhar isso aqui. A gente pede para que essas pessoas tenham o mínimo de respeito com o nosso trabalho, lembrando que isso é um patrimônio público. Não é só nosso, a gente está fazendo para todo mundo”, desabafou Augusto Flexa.



Tecnologia do Blogger.