Concurso de beleza vira manifesto pela diversidade em Macapá


Por: Camila Ramos


O que era para ser um desfile de beleza acabou sendo um marco da diversidade, empatia, respeito e inclusão no último sábado, 28.

A aglomeração de pessoas no espaço central de um shopping em Macapá estava ali para decidir quais das 10 candidatas finalistas do concurso Curvy Girl 2018 seria a mais nova modelo de beleza plus size do Estado. Nas apresentações, nada de discursos vazios, de históricos e mensagens genéricas sobre a paz mundial. A mensagem que elas traziam era de humanidade, empatia e autoestima.

Sobe ao palco, então, Luna Glamn, Miss Amapá Gay Universo, belíssima e coroada, que desfilou e se posicionou no palco enquanto o coordenador do concurso de beleza gay, Clezio Vilhena, discursou sobre a diversidade da beleza e a representatividade. Luna foi quem ensinou as candidatas a Curvy Girl a se portarem como modelos profissionais na passarela.


Um senhor que estava ao meu lado, exibindo um sorriso de poucos dentes e mãos de trabalhador pesado, me perguntou assustado: esse aí que tá falando é gay? Vai ser um desfile de gay? - ao que respondi: não, vai ser desfile daquelas moças ali com a blusa vermelha e branca. Então ele aliviou-se, “ah, tá... Mas aquela bonitona ali no palco é a miss Universo, né? Olha só o tamanho dessa mulher!”, deslumbrou-se e eu assenti sorrindo, “ela é lindíssima”.

Os organizadores do concurso, loja Curvy Moda Plus e Erika Oliveira, planejaram tudo para que o momento fosse o mais socialmente engajado possível, incluindo a apresentação musical: canções executadas pela cantora e modelo plus size Alexandra Moraes, interpretadas simultaneamente em língua brasileira de sinais por Fernando Fernandes, em um espetáculo de sintonia emocionante.



E no momento mais esperado, a premiação das vencedoras, o público já imerso na experiência foi surpreendido mais uma vez. “Nós temos a causa da diversidade, da aceitação, do respeito. E além da quebra de padrões a Curvy Moda Plus também acredita na empatia e na superação das adversidades”, anunciou a Anne Siqueira, proprietária da loja. “Temos uma candidata que luta contra o câncer de mama e durante todo esse processo de competição nós nunca imaginamos o que ela estava passando. Acreditamos que essa postura, essa forma de encarar os problemas é que faz a diferença”, e assim foi chamada ao palco Cristiane Almeida, que recebeu a faixa de Miss Simpatia e foi ovacionada pelo público. A faixa foi entregue por Anne Margareth, mãe da organizadora do evento, que também superou o câncer de mama.


As vencedoras premiadas foram Mariane Sales, Camila Hosson e Carla Azevedo, nas primeira, segunda e terceira colocações, respectivamente. Elas, assim como todas as outras candidatas, enfrentaram a passarela pela primeira vez e aprenderam juntas a confiar no poder da sua beleza.

“Não considerei uma disputa ou concorrência entre as meninas, a união de todas foi muito gratificante. E o carinho dos amigos e pessoas que não conheço me fez realizada em representar todas as plus size”, comentou Mariane. 

A grande vencedora contou também que inicialmente, quando soube da oportunidade, não se achava capaz de entrar em concurso de beleza plus size. "Sempre me senti insegura por medo de me arriscar e o que as pessoas achariam disso. O bloqueio que temos em relação ao nosso corpo nos impede de arriscar e se mostrar. Mas com a ajuda da minha família me inscrevi, sempre fui muito determinada nos meus objetivos e queria ir até o fim", assegurou Mariane.



“O dia 28 de abril de 2018 ficará marcado em nossas mentes e corações como um dia em que não houve barreiras, um dia em que a representatividade importou mais do que qualquer padrão imposto pela sociedade! Mulheres Plus, LGBTs, surdos, MPB, Sertanejo, todos tiveram seu lugar em nosso palco e nossa passarela! Um evento que tomou proporções incríveis e abraçou a diversidade com todo o carinho do mundo. Estamos imensamente gratos com todo o apoio e palavras de carinho que recebemos dos mais diversos segmentos. Nosso sentimento é de dever cumprido (...) e sigamos em frente! Pois a luta contra os padrões continua, ela é diária e incansável!”, declarou a loja Curvy em seu perfil oficial.

Naquele sábado todos fomos para casa com a certeza de que a beleza mais plus size de todas está na grandeza do ser humano e no respeito à diversidade.












Tecnologia do Blogger.